Farol, após protesto de servidores, vereadores voltam atrás, e aprovam suplementação – Paraná Notícias

Farol, após protesto de servidores, vereadores voltam atrás, e aprovam suplementação

Recentemente, o poder executivo de Farol enviou para câmara de vereadores, um projeto de lei de suplementação, no valor de pouco mais de R$ 1 milhão, aonde esse valor era necessário, para que pudessem ser pagos diversos fornecedores, inclusive salários de servidores, relativos ao mês de novembro, gerando vários transtornos.

O projeto de lei, segundo a administração municipal, foi encaminhado dentro do prazo, em regime de urgência. Mas mesmo causando, transtornos aos servidores, a comissão formada por três vereadores, deu parecer contrário à aprovação do projeto sem levar em consideração o parecer favorável do jurídico da casa. Votaram contra a presidente da comissão Eliane Meneses e o relator Ivan Tavares. Lembrando que o presidente da câmara, Valdemar Correia, não havia colocado o projeto de lei em votação, dizendo que iria cumprir os prazos estabelecidos no regimento.

Após o protesto de servidores, os vereadores voltaram atrás, tanto a presidente da comissão quanto o relator, votaram a favor do projeto de lei de suplementação, sendo o projeto de lei aprovado no segundo turno, por 8 votos favoráveis.

você pode gostar também Mais do autor