GOIOERÊ: ELDER DE BARROS ALVES, CHEFE DE GABINETE DO EX-PREFEITO BETO COSTA É OUVIDO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO SOBRE O CASO “FARRAS DAS PASSAGENS” – Paraná Notícias

GOIOERÊ: ELDER DE BARROS ALVES, CHEFE DE GABINETE DO EX-PREFEITO BETO COSTA É OUVIDO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO SOBRE O CASO “FARRAS DAS PASSAGENS”

No caso dos R$ 5.650.194,30 (Cinco milhões seiscentos e cinquenta mil, cento e noventa e quatro reais e trinta centavos) na “FARRA DAS PASSAGENS”.

Um dos homens de maior confiança do EX-PREFEITO BETO COSTA, o qual ocupava o cargo de Chefe de Gabinete da prefeitura de Goioerê, senhor ELDER DE BARROS ALVES também, como JOÃO DE FREITAS FERRACIOLI prestaram esclarecimentos acerca da “FARRA DAS PASSAGENS” ao MINISTÉRIO PÚBLICO do Paraná.

Segundo consta do nas folhas do Inquérito Civil no (Ministério Público) n°. MPPR-0055.16.000606-4, em trâmite na 1ª Promotoria de Justiça de Goioerê, a gestão administrativa do EX-PREFEITO BETO COSTA teria gasto somente com uma só empresa de ônibus a quantia de R$ 5.650.194,30 (cinco milhões seiscentos e cinquenta mil, cento e noventa e quatro reais e trinta centavos) com passagens de ônibus para a capital do Estado e demais localidades.

O que chama a atenção é que o CAEx (Centro de Apoio à Execução), divisão especial dentro do próprio Ministério Público que tem como função prestar auxílio a promotorias e também ao GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), em relatório apontou que os maiores gastos com passagens ocorreram em 2015 e 2016, sendo bem inferior na atual gestão.

Ainda, no próprio relatório do CAEx a maioria das passagens foram destinadas à Secretaria de Saúde, de Assistência Social e de Esporte e Lazer, sendo utilizadas por pessoas diversas do município. Outro fato curioso é que a divisão especial do Ministério Público ao analisar a documentação mencionou a impossibilidade de identificar as pessoas que utilizaram cada uma das passagens.

Somente no ano de 2016, o último ano da gestão do EX-PREFEITO BETO COSTA o município gastou R$ 1.094.029,26 (Um milhão, noventa e quatro mil, vinte e nove reais e vinte e seis centavos).

A Promotoria de Goioerê pretende nos próximos dias identificar e ouvir os ex-secretários da Saúde, de Assistência Social e de Esportes e Lazer do município nos anos de 2015 e 2016, anos dos maiores gastos com passagens.

Vale relembrar que nos 8 (oito) anos da gestão do EX-PREFEITO BETO COSTA (2009 a 2016) foram gastos em passagens:

Em 2009 – R$ 384.681,60 (trezentos e oitenta e quatro mil, seiscentos e oitenta reais e sessenta centavos);

Em 2010 –  R$ 417.827,37 (quatrocentos e dezessete mil, oitocentos e vinte e sete reais e trinta e sete centavos);

Em 2011 – R$ 620.756,44 (seis centos e vinte mil reais, setecentos e cinquenta e seis reais e quarenta e quatro centavos);

Em 2012 – R$ 723.622,37 (setecentos e vinte e três mil, seiscentos e vinte e dois reais e trinta e sete centavos);

Em 2013 – 575.329,00 (quinhentos e setenta e cinco mil, trezentos e vinte e nove reais);

Em 2014 – R$ 867.951,73 (oitocentos e sessenta e sete mil, novecentos e cinquenta e um reais e setenta e três centavos);

Em 2015 – R$ 965.096,53 (novecentos e sessenta e cinco mil, noventa e seis reais e cinquenta e três centavos);

Em 2016 – R$ 1.094.029,26 (um milhão, noventa e quatro mil, vinte nove reais e vinte e seis centavos).

PARANÁ NOTÍCIAS – A informação como ela é.

você pode gostar também Mais do autor